Ceará cobra bolada do Palmeiras

0

Após a venda de Artur Cabral, do Basel para a Fiorentina, por conta de 30% do valor de mais valia, de um acordo entre o Verdão e os Suíços, o alviverde saiu com uma bolada. Mas, outro clube também teria um percentual dessa venda, o Ceará, e o Palmeiras pode entrar na justiça por conta desse valor.

Artur foi vendido para Fiorentina por 92 milhões de reais, rendendo ao Verdão pouco mais de R$ 30 milhões, referente aos 30%, porém, o Ceará, além de clube formador do atleta, cobra que metade dos 30% que o Palmeiras recebeu, sejam do clube nordestino.

No negócio o Ceará ganharia cerca de 15 milhões de reais, com os 15% mais 2,6% do clube formador.

O time vem tentando se comunicar com o Palmeiras, que ainda não respondeu os cearenses.

Presidente do Ceará ameaça ir a justiça contra o Palmeiras

Com o Verdão ignorando as cobranças do Ceará, o clube deve tomar um atitude em breve, e de forma judicial.

Em entrevista ao ‘Diario do Nordeste’, o presidente do Ceará Robinson de Castro, comentou sobre a situação, e deixou um aviso.

“Há um prazo para a resposta. Notificamos e pedimos o dinheiro do Ceará. Vamos aguardar esse mês, não sei se o Palmeiras vai responder, mas vamos cobrar a dívida. Se não responder, vamos usar outros meios para cobrança”, declarou o presidente.

Sendo assim, se o Palmeiras não resolver a situação até o fim do mês, esse imbróglio pode complicar a vida do Verdão, e a bolada ganha na transferência de Artur, pode ser parcialmente perdida.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.