Mascotes do Palmeiras: A origem do Periquito e do Porco

0

Até 1917, o Palmeiras passou a utilizar o seu uniforme totalmente verde. A partir disso, nasceu a relação feita com o Periquito, ave natural da Mata Atlântica e que ocupava os bosques do Parque Antártica, antigo estádio e sede administrativa do clube. É o primeiro mascote oficial do Verdão e ao lado do Porco, anima as partidas da equipe no estádio.

O Porco foi o segundo mascote adotado oficialmente pelo Palmeiras. A iniciativa partiu do diretor de marketing do clube, João Roberto Gobbato, ainda na década de 1980. A expressão “Porco” se referia a forma pejorativa pela qual as torcidas adversárias chamavam a torcida palmeirense. A adoção do mascote aconteceu em 1986 por parte da torcida, visando dar fim nas ofensas vindas dos rivais. 

Popularidade do Periquito como mascote do Palmeiras

Periquito Palmeiras
Imagem: palmeiras.com.br

No início dos anos 1940, o Brasil entra na Segunda Guerra Mundial contra os países do eixo. Sanções foram impostas as comunidades italianas, alemãs e japonesas no país. Como o Palmeiras era um clube tradicionalmente de colônia italiana, precisou mudar seu nome de Palestra Itália para Palmeiras. Rapidamente, o periquito ganhou força entre a torcida e a crônica esportiva da época, reforçando o trecho do hino que diz “que sabe ser brasileiro”.

A repercussão do Porco na capa da Revista Placar em 1986

No mesmo ano em que a torcida adotava o canto “E dá-lhe Porco, e dá-lhe Porco, olê, olê, olê!”, a Revista Placar, maior revista de futebol da época, lançou uma edição que trazia em sua capa o meia Jorginho Putinatti segurando um porco no colo. A imagem repercutiu pelo país e reforçou ainda mais o mascote como símbolo palmeirense.

A oficialização do Porco como mascote em 2016

Porco Palmeiras
Imagem: palmeiras.com.br

O primeiro mascote oficial do clube é o Periquito, que foi adotado em 1917, quando o Palmeiras ainda se chamava Palestra Itália. Em 2016, em uma partida do Verdão contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro, foi adotado oficialmente pelo clube o Porco como segundo mascote. Os dois mascotes animam a torcida no estádio antes, durante e depois das partidas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.