Atlético-MG fatura 3 milhões graças ao Palmeiras

0

O empate por 2 a 2 na ida das quartas da Libertadores contra o Palmeiras pode não ter sido o melhor resultado para o Atlético-MG. Mandante do jogo, o time de Cuca deixou escapar uma vantagem de dois gols e precisará vencer no Allianz Parque para avançar. Mas, no quesito arrecadação, o cenário foi outro para o Galo.

A partida no Mineirão foi a de maior público do Atlético no ano, com 57.140 torcedores presentes. A quantidade de torcedores superou os 56.421 presentes contra o Emelec, na partida das oitavas do torneio continental.

Com isso, o clube teve uma renda líquida de R$ 3.180.004,30, a maior da temporada. 

A renda bruta foi de R$ 4.232.050,90, abaixo somente do clássico contra o Cruzeiro na final do Campeonato Mineiro, R$ 4.851.600,00. Porém, o Galo não foi o mandante, pois a decisão foi em campo neutro.

Atlético-MG deve encontrar clima adverso no jogo da volta

Perto do apito final em Belo Horizonte, só se escutavam os cantos palmeirenses no maior estádio da capital mineira. A festa foi enaltecida pela presidente Leila Pereira, que prometeu uma festa ainda maior em casa.

“Tenho certeza absoluta que foi isso (o incentivo da torcida) que estimulou e ajudou o nosso time em campo. Estamos invictos desde 2019 (como visitante). E, agora, vamos resolver na nossa casa. Faremos uma grande festa lá também. Avanti, palestra”, disse a mandatária.

Agora, a decisão será no Allianz Parque, na próxima quarta-feira (7), às 21h30. Para avançar para a semifinal, o Verdão precisa de uma vitória simples.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.