Torcida do Verdão não decepciona e manda quase R$ 35 mil para família de motoqueiro

0

A torcida do Verdão se mobilizou e criou uma vaquinha online para ajudar a família de motoqueiro morto na última sexta-feira (22), atropelado em acidente envolvendo o zagueiro Renan. Até o momento, foram arrecadados R$ 34,3 mil para ajudar a família de Eliezer Jorge Pena, de 38 anos, que deixou esposa e duas filhas pequenas.

A iniciativa foi de Guilherme Lopes, da página no Instagram ‘Pitaco Palmeirense’. O valor conseguido até o momento triplicou a meta inicial de R$ 10 mil. Ao todo, 894 pessoas já ajudaram.

“Essa campanha não tem intuito de repor a perda, que é irreparável, mas sim de ajudar a família, de talvez dar um conforto a mais de curto ou longo prazo. Movi meus contatos na mídia palestrina pra gente mostrar pra família do Eliezer que tem muita gente pensando neles e mandando um carinho através dessa campanha”, disse Guilherme.

Eliezer era torcedor do Palmeiras e trabalhava como gerente de produção. Estava de moto, a caminho do trabalho, quando foi atingido pelo carro do jogador na manhã de sexta (22). Ele tinha uma esposa e duas filhas, uma de dez anos e outra de cinco.

Verdão rescindirá o contrato de Renan

Segundo a polícia, o zagueiro de 20 anos apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro após ter atropelado a vítima.

O jogador foi indiciado por homicídio culposo, que tem pena de cinco a oito anos. Entretanto, caso o Ministério Público, responsável pela denúncia, entenda que ele assumiu o risco de matar, o crime passa a ser caracterizado como doloso e a pena pode ser de até 20 anos.

Renan estava emprestado ao Bragantino, que buscará os meios legais para encerrar o vínculo. Da mesma forma, o Palestra tentará por meios legais rescindir o contrato dele que tem validade até o fim de 2025.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.