Central do Apito confirma que Palmeiras foi prejudicado contra o São Paulo

0

O Palmeiras foi prejudicado na noite desta quinta-feira (14), na eliminação para o São Paulo, na Copa do Brasil. Segundo Sandro Meira Ricci, da Central do Apito, da Globo, a penalidade que originou o gol do time do Morumbi não existiu. E mais, há ainda um possível impedimento na origem do lance e um toque de mão de Calleri.

“Pra mim, não houve penalidade. O Calleri a todo momento segura a camisa do Gómez e depois tem um contato do Gómez. Quando você está sendo agarrado, a sua reação natural é que parem de te agarrar. O movimento do Gómez é porque está sendo agarrado”, disse o ex-árbitro.

Além da penalidade mal assinalada por Leandro Pedro Vuaden, Meira Ricci apontou um possível impedimento na origem da jogada. Calleri estaria impedido no momento do lançamento, antes da disputa com o zagueiro palmeirense.

“Tem que analisar tudo, a começar pela origem da jogada. Parece ter havido um erro. No lançamento do Miranda, tem a posição do Calleri, que parece estar em posição adiantada”, concluiu Sandro.

Pênalti que foi assinalado incorretamente.
Possível impedimento na origem do lance.
Possível toque de mão do jogador são-paulino.

Não foi a primeira vez que Vuaden prejudicou o Palmeiras

A escalação de Leandro Vuaden para apitar o Choque-Rei decisivo preocupou os torcedores alviverdes antes da partida. Isso porque o histórico do árbitro em jogos do Verdão não é dos mais favoráveis.

Em 2020, o árbitro errou contra o Verdão em partida contra o mesmo rival e contra o América-MG, no Independência. Na época, após a derrota contra os mineiros, por 2 a 1, Abel Ferreira fez duras críticas e pediu para que ele não apitasse mais jogos do time.

“Não tenho nada contra ele (Vuaden), mas desejo que ele não apite mais o Palmeiras. Contra o São Paulo, não viu um pênalti no Luiz Adriano. E hoje um vermelho direto que tinha que ser vermelho no homem que fez falta no Rony e ele não viu. Não podemos ter arbitragem amadora quando somos todos profissionais”, declarou Abel na época.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.