Jornalista não esquece o recalque e segue provocando o Palmeiras

0

Os erros de arbitragem no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil, que fizeram o São Paulo passar pelo Palmeiras na última semana, voltaram a ser motivo de piada de torcedores e comentaristas que torcem para o adversário. Inclusive com ex-jogadores.

Cicinho, ídolo do São Paulo e campeão do mundo com o time em 2005, agora comentarista, fez questão de provocar o Palestra e as reclamações da torcida com a arbitragem. O fato aconteceu durante o programa Arena SBT, na última segunda-feira.

“Eu quero é ganhar, nem que seja no par ou ímpar. O Palmeiras é muito mais time que o São Paulo, mas o São Paulo soube jogar também, aguentou a pressão e soube jogar. O choro é livre. Passamos o carro”, declarou o ex-Tricolor.

Mano critica arbitragem durante a partida do Palmeiras

Em contraponto à alfinetada de Cicinho, Mano fez questão de criticar o ponto de vista o ex-São Paulo durante o programa. “Você está colocando como se fosse um trunfo do São Paulo. Se não fosse a arbitragem… Teve um pênalti no Dudu que não foi marcado. O senhor deveria ter vergonha de comemorar uma vitória dessa”, começou.

“Esse é o pior momento da arbitragem brasileira na história. Eles estão conseguindo errar prova com consulta. O cara me sai de dentro de campo, vai lá para a beira do monitor para poder conversar com os caras que já viram o lance lá em cima e mesmo assim o cara ainda erra”, declarou.

Durante o programa, Emerson Sheik ainda concordou com Mano e falou sobre o erro, dizendo que a iniciativa para a marcação parece ter saído de um torcedor do Tricolor. “A sensação era de que era um torcedor do São Paulo falando: ‘marca o pênalti’”

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.