“Que se dane ela!”, dispara ídolo do Palmeiras sobre Leila Pereira

0

Em seu canal no YouTube, Edmundo, ídolo do Palmeiras, não poupou críticas à presidente do clube, Leila Pereira. O ex-camisa 7 alviverde desaprovou as declarações da mandatária a respeito da venda de Gabriel Veron, nas quais ela aponta o extracampo do atacante como fator decisivo para a transferência.

Ele é um bom jogador, tem velocidade pelo lado do campo, mas não deslanchou, nunca foi titular no Palmeiras. Acho que não se precisa falar mal do seu atleta para se justificar que vendeu barato. A Leila errou nesse sentido. Ela não tem nada a ver com a vida pessoal dele”, disse o ex-jogador.

Sem medo de emitir as suas opiniões, Edmundo afirmou que criticará Leila se for preciso e “não tem rabo preso” com a presidente.

“Não tenho rabo preso com a Leila! Se ela fizer coisa boa, eu falo. Se fizer coisa ruim, vou falar. Para mim, foi completamente errado. Quero que se dane ela! Não vou ficar cheio de dedos para falar o que eu acho”, finalizou.

Leila Pereira expôs Veron após saída do jogador do Palmeiras

Na última terça-feira (26), a mandatária alviverde revelou os motivos do Verdão ter negociado Veron com o Porto, de Portugal. Porém, ao falar da transferência, Leila acabou expondo o atacante de 19 de maneira desnecessária.

“Hoje, em virtude de lesões, de não ter participado de muitos jogos, uma vida extracampo difícil, o melhor para o Palmeiras e para o atleta foi negociá-lo, não tenho dúvida. Torço para que ele faça muito sucesso na Europa e que retome esses valores que vocês [imprensa] acham que ele vale”, disse Leila.

Gabriel foi negociado por 10 milhões de euros (R$ 55,7 milhões). Sendo cerca de R$ 47 milhões (80%) destinados aos cofres do Palestra, que manteve 10% dos direitos do jogador pensando em uma venda futura.

Quantia baixa, considerando o potencial do garoto que tinha uma multa rescisória de 60 milhões de euros (R$ 338 milhões).

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.