Ex-árbitros confirmam que o Palmeiras foi muito prejudicado contra o Ceará

0

Embora tenha vencido o Ceará por 2 a 1, no último sábado (30), no Castelão, o Palmeiras reclamou muito da atuação do árbitro Anderson Daronco e do VAR. Entre os ex-árbitros, entrevistados pelo ‘Uol Esporte’, o erro do apitador foi unânime no pênalti marcado em favor do time da casa

“O pênalti marcado para o Ceará é uma vergonha. Não foi nada. Uma jogada de corpo. Natural”, afirmou Alfredo Loebeling.

Para Carlos Eugênio Simon, houve um contato de Danilo em Vina no lance, mas não o suficiente para se marcar a penalidade: “O Vina toca a bola e na disputa com o adversário acaba caindo. Tem um contato, mas não é infração. Não foi pênalti.”

“O pênalti marcado não aconteceu, embora o árbitro estivesse próximo. A convicção dele foi tanta que preferiu abrir mão da consulta ao VAR, para um melhor juízo com relação ao lance em si“, avaliou José Aparecido.

Quanto ao possível pênalti de Gustavo Gómez, não houve um consenso a respeito do lance entre os ex-árbitros.

Esse foi mais um jogo do qual o Verdão saiu reclamando das falhas tanto dos juízes em campo quanto da arbitragem de vídeo. Assim havia sido nas vitórias contra São Paulo, que custou a eliminação na Copa do Brasil, e Internacional.

Abe criticou Daronco por erro contra o Palmeiras

Após a partida, o técnico Abel Ferreira criticou a atuação do árbitro, que apontou ser um dos melhores em atuação no futebol brasileiro.

“Sinto uma mágoa dentro de mim, porque este senhor (Daronco) é um dos melhores árbitros brasileiros. Ganhamos, mas poderíamos ter empatado ou perdido, já ficamos fora de uma competição por coisas que não controlamos. Portanto, é dar os parabéns aos meus jogadores que foram guerreiros, competentes, inteligentes”, disse Abel.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.