Verdão recusa oferta do River Plate por Borja

0

O Verdão rejeitou a proposta feita pelo River Plate pelo centroavante Miguel Borja. Detentor de 50% dos direitos econômicos do colombiano, o clube precisa aceitar a oferta para que o jogador se transfira para o time argentino. Entretanto, o modelo de negócio proposto pela equipe de Marcelo Gallardo não agradou.

Segundo informação do jornalista André Hernan, as conversas continuarão, porém a negociação só será fechada quando houver um entendimento entre o Alviverde, o River Plate e o Junior Barranquilla, que detém a outra metade dos direitos do jogador.

Inicialmente, o valor oferecido pelo clube de Buenos Aires foi de 5 milhões de dólares (cerca de R$ 25,7 milhões) pelos 50% do Junior. O Alviverde, por sua vez, exige receber uma parte da quantia a ser paga na transferência.

Nesses moldes, o Palmeiras receberia 2,5 milhões de dólares por 25% dos 50% que possui do atacante, valor esse que não seria atrativo por conta dos impostos.

Dessa forma, a diretoria alviverde aguarda um aumento na proposta do River para avançar nas conversas. 

Verdão quer diminuir o prejuízo que teve com Borja

O colombiano foi a contratação mais cara da história do Palmeiras, quando o clube decidiu desembolsar aproximadamente R$ 40 milhões para contratá-lo junto ao Atlético Nacional, em 2017.

Destaque do time de Medellín, o atacante havia feito uma reta final de Libertadores naquele ano que chamou a atenção do continente. Foi contratado com status de craque, com grande recepção da torcida no aeroporto.

No Alviverde, porém, não vingou. Na temporada passada, teve parte dos direitos negociados por 3,5 milhões de dólares (R$ 20 milhões) com o Junior, onde recuperou o seu futebol.

Enfim, se gostou do conteúdo não deixe de acessar com frequência o Portal do Palmeirense e nos seguir no Instagram.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.