Palmeiras pode cancelar a eliminação da Copa do Brasil por polêmica do VAR?

0

Os erros de arbitragem que eliminaram o Palmeiras na Copa do Brasil rendem e prometem render por mais algum tempo. No começo da semana, inclusive, a CBF chegou à responder um ofício enviado pela diretoria do Verdão, admitindo o erro com o não traçado da linha de impedimento na hora do lance que originou o pênalti para o São Paulo.

Com isso, surgem as dúvidas sobre uma possível anulação da partida, que não pode acontecer. Como em outros diversos casos com erros de arbitragem que geraram eliminações, o erro de fato não abre para a que a anulação da partida seja pedida.

Além disso, ainda nessa semana, também já foi feito o sorteio dos confrontos da próxima fase da competição nacional. Isso só reafirma que o Palmeiras não deve ir atrás da anulação do confronto para a tentativa da classificação.

CBF só admite o erro do pênalti contra o Palmeiras

Na análise dos lances polêmicos do Choque-Rei, a Comissão de Arbitragem da CBF entendeu que houve apenas um erro, o do possível impedimento de Calleri, na origem do pênalti marcado para o time do Morumbi, que resultou no gol do rival. Como em todo lance ajustado, as linhas deveriam ter sido traçadas antes de checar uma possível penalidade máxima.

Quanto ao pênalti propriamente dito, a entidade entende que Gustavo Gomez puxou e causou o desequilíbrio do centroavante. Em nenhum momento foi considerada a disputa por espaço e o fato do jogador ter puxado a camisa do zagueiro alviverde.

Já em relação ao possível pênalti de Diego Costa em Dudu, ainda no primeiro tempo, a Comissão de Arbitragem entendeu que o atacante forçou o contato e a queda após o choque. Novamente não foi considerado um ponto importante: o defensor não disputou a bola e bloqueou a passagem do palmeirense com os braços.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.