Palmeiras deixa Corinthians cheirando poeira e e corre rumo a recorde

0

O empate por 2 a 2 contra o Galo pelo jogo de ida das quartas da Libertadores evitou que o Palmeiras viesse para São Paulo em desvantagem para decidir a eliminatória. Além disso, o resultado de igualdade fez com que o clube quebrasse mais um recorde na competição continental.

Com o empate no Mineirão, o Alviverde bateu o Corinthians de Tite, que ficou sem perder por 16 partidas na Liberta entre os anos de 2012 e 2013.

O 2 a 2 com o Atlético-MG também marcou o 20º jogo de invencibilidade do Verdão fora de casa no torneio da Conmebol, ampliando a maior sequência da história da competição.

A última derrota do Palestra foi em 2 de abril de 2019, quando perdeu para o San Lorenzo, da Argentina, pela fase de grupos. De lá para cá, foram 14 vitórias e seis empates fora de casa.

Vale lembrar ainda que essa sequência fora do Allianz não abrange as finais de 2020, contra o Santos, no Maracanã, e de 2021, contra o Flamengo, no estádio Centenário, em Montevideo, pois foram disputadas em campo neutro.

Palmeiras precisa de vitória simples para seguir na Libertadores

O empate em Belo Horizonte da ida deixou o confronto aberto para o duelo de volta e obriga os comandados de Abel Ferreira a buscarem uma vitória pela diferença mínima de gols para avançar de fase.

No Allianz Parque, somente um triunfo interessa ao Palestra pensando na classificação. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis, já que não há gol qualificado como critério de desempate.

O Verdão recebe o Galo no próximo dia 10, quarta-feira, às 21h30, no Allianz Parque, para decidir a vaga para a semifinal da Copa Libertadores.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.