Palmeiras briga com a Puma e abre negócios com a Adidas

0

Os movimentos nos bastidores podem indicar que o Palmeiras pode mudar de fornecedora esportiva muito em breve. Há indícios que o clube anda com reclamações sobre o atendimento que vem tendo de seu atual fornecedor, a Puma, e já estaria se movimentando e se reunindo com uma concorrente para viabilizar essa mudança nas peças. A informação é de Danilo Lavieri, do Uol Esporte.

Palestra e a atual fornecedora possuem contrato até 2024, porém, é analisado internamente a viabilidade de uma rescisão contratual, tendo em vista o descontentamento interno que estaria acontecendo, o que já teria levado o Alviverde Paulistano ao envio de uma carta apontando os problemas que estariam acontecendo, o movimento seria do departamento de marketing do clube.

Ainda segundo as informações, o atrito teria começado junto com a nova gestão no Palmeiras. “A crise se agravou após a entrada de Leila Pereira no comando do clube e a reformulação promovida por ela no setor. Até então, a Puma era muito elogiada internamente e externamente, inclusive recebendo prêmios do mundo da publicidade e batendo recordes de venda no país”, diz a publicação.

Palmeiras tem reuniões com a outra fornecedora

De acordo ainda com as informações do jornalista, em sua coluna do UOL, o Palmeiras estaria seguindo com as reclamações junto da Puma, enquanto isso, também já estaria se movimentando para encontrar um novo fornecedor, isso incluiria reuniões com a Adidas que já estariam em andamento.

Essas negociações com o Palestra pegaram mal nos bastidores do setor para a fornecedora, que estaria rompendo um acordo extraoficial das empresas. Porém, segundo apuração de Lavieri, a Adidas estaria se defendendo afirmando que o clube que teria os procurado para abrir negociações.

Leila Pereira negou os fatos para a reportagem do jornalista, mas ele manteve sua versão e apuração de diversas fontes.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.