Escândalo? Conmebol divulga áudios da partida entre Galo e Verdão

0

A partida de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América, que aconteceu entra Atlético-MG e o Verdão no meio dessa semana ainda está dando que falar. Durante o jogo, o zero só saiu do placar no final do primeiro tempo, por causa de uma penalidade máxima. Com a arbitragem de campo, Facundo Tello, marcando a falta de Marcos Rocha em Jair, dentro da área.

O VAR confirmou a decisão de campo, o que irritou os palmeirenses. Com isso, a CBF já fez questão de liberar o áudio da conversa da arbitragem no lance, que confirmaram a infração. “Aí tem o toque. É um pênalti claro. É o número 2 (Marcos Rocha), certo? Fora de jogo, completamente. Facu (Facundo), me escute. Quem fala é Angelo. É pênalti, está correto”, disse o árbitro responsável pelo VAR.

“Toda a bola. Me dá de novo essa (imagem). Toda a bola, segue adiante”, afirmou o VAR. “Programa mostra toda a repetição. Pênalti claro”, disse o seu auxiliar. “Vai todo na bola. Muito limpo, segue adiante. Habilitado”, completou Juan Lara, assegurando a regularidade do lance anterior. “E aí vem a falta”, disse o auxiliar. “Confirmado o pênalti, Facu. Tudo confirmado, Facu”, afirmou Juan Lara.

Empate do Verdão fez comentarista se render

O grande empate conquistado pelo Verdão na Copa Libertadores da América foi impressionante. O resultado deixou o confronto em aberto para a volta, que acontece na próxima semana, no Allianz Parque, e vale vaga na semifinal da competição continental. O desempenho do time fez alguns comentaristas se renderem ao elenco palestrino.

“Escanteio impecavelmente batido pelo Scarpa, assistência absurda do Dudu. O Palmeiras empata aos 45 do segundo tempo, depois de assistir ao Galo ser superior 70% do tempo. O Palmeiras é brabo, time frio, bem treinado, que raramente se abate durante um jogo. Um adversário infernal”, comentou André Rizek sobre o Verdão, em publicação no Twitter.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.