Jogador do Palmeiras será preso por crime inafiançável

0

Cria das categorias de base do Palmeiras, o zagueiro Renan se envolveu em um acidente de carro na manhã desta sexta-feira (22) e as consequências podem ser bem grandes para o jogador, tendo em vista as condições do acontecido. O acidente aconteceu na altura do Km 47 da Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira e acabou em uma morte.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Rodoviária, o carro de zagueiro invadiu a contramão e atingiu uma moto. Segundo o repórter Lucas Rangel, da TV Vanguarda o atleta que pertence ao Palmeiras foi autuado em flagrante por homicídio culposo. O motociclista de 38 anos, atingido por Renan, morreu no local, deixando esposa e duas filhas.

Além disso, o atleta terá alguns agravantes, por ter supostamente ingerido bebida alcoólica e por não ter permissão para dirigir, o que torna o crime sem fiança. Os policiais que atenderam a ocorrência na hora do acidente relataram que o zagueiro apresentava sinais de embriaguez e teria se recusado a fazer o teste do bafômetro, além de apresentar e odor etílico.

Palmeiras publica nota sobre o caso

Depois que o caso foi divulgado, o Palestra chegou a divulgar nota em que presta solidariedade à família da vítima. Além de informar que entrou em contato com o clube à qual Renan está emprestado para acompanhar o caso. Além disso, o Bragantino, atual time do zagueiro, também se manifestou se colocou à disposição para prestar assistência à família da vítima.

“A Sociedade Esportiva Palmeiras recebeu na manhã desta sexta-feira a informação sobre o acidente de carro envolvendo o atleta Renan. O clube está em contato com o Red Bull Bragantino a fim de acompanhar o caso de perto e prestar toda a assistência necessária aos familiares da vítima, com os quais se solidariza neste momento de grande tristeza”, disse nota do Verdão.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.