Família de homem atropelado por atleta do Verdão recebe R$243 mil

0

O caso do acidente de carro que acabou em morte, envolvendo o zagueiro revelado nas categorias de base do Verdão segue tendo novos desdobramentos. Desta vez, no entanto, com uma notícia em favor dos familiares da vítima.

Entenda o caso: Na manhã da última sexta-feira (22), o carro de zagueiro Renan invadiu a contramão e atingiu uma moto. Eliezer Pena, que inclusive era torcedor do Verdão, era o condutor do outro veículo e acabou falecendo, deixando duas filhas e a esposa.

Na data, o atleta, que pertence ao Palmeiras, foi autuado em flagrante por homicídio culposo. Os policiais que atenderam a ocorrência na hora do acidente relataram que o zagueiro apresentava sinais de embriaguez e teria se recusado a fazer o teste do bafômetro, além de apresentar e odor etílico.

Primeiramente, o atleta foi preso. Mas, conseguiu pagar uma fiança de R$ 242 mil e irá responder ao processo em liberdade. O RB Bragantino, time onde ele estava emprestado, anunciou que rescindiu o contrato.

Fiança de jogador do Verdão vai para família da vítima

Agora, o Ministério Público pediu em juízo para que o valor integral que foi pago na fiança seja direcionado para a esposa e duas filhas da vítima, para que elas não fiquem desemparadas durante o processo. Em primeiro momento o montante ficaria depositado em juízo até que o caso fosse concluído.

A promotoria inclusive já teria recebido a autorização dos advogados do próprio Renan para andamento no repasse do valor. O jogador estava emprestado ao Red Bull Bragantino, clube ao qual ele estava emprestado, e o Palmeiras, clube com o qual o zagueiro tem vínculo, se manifestaram no dia do ocorrido se colocando à disposição. Abel Ferreira também se pronunciou com pesar pela morte.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.