Verdão: técnico do Atlético-GO esculhamba Abel Ferreira

0

Após a vitória do Verdão sobre o Atlético-GO por 4 a 2, nesta quinta-feira (16), no Allianz Parque, o técnico do time visitante fez críticas a Abel Ferreira. Em entrevista coletiva, Jorginho afirmou ofensas do português e seus auxiliares à equipe de arbitragem durante os 90 minutos.

“Eles (Palmeiras) estão faltando respeito com o árbitro, o chamou o cego, xingou de tudo quanto é nome e não aconteceu absolutamente nada. Eu relatei isso ao árbitro, não é justo isso porque meu auxiliar técnico tomou cartão, o auxiliar deles também tomou cartão e quem deveria ser expulso era o Abel (Ferreira)”, disse Jorginho.

O ex-auxiliar de Dunga discutiu com o banco de reservas palmeirense por conta disso, conforme mostrou a transmissão do Premiere. Para o treinador, o trabalho do lusitano no Palestra é louvável, mas o comportamento à beira do gramado deixa a desejar.

“Não é à toa que tanto ele (Abel Ferreira) como a comissão técnica são expulsos constantemente. Isso me revolta como técnico e como brasileiro porque vem no nosso país e tá desrespeitando o nosso país e nossos árbitros”, concluiu.

Equipe do Atlético-GO dá muitos espaços, segundo o técnico do Verdão

Também em coletiva pós-jogo, Abel comentou sobre o começo desajustado do Alviverde e depois a recuperação no fim do primeiro tempo. De acordo com o treinador, o time goiano é bom, mas deixa espaços, o que possibilitou os 4 gols em menos de 10 minutos. 

“O momento do jogo foi quando sofremos o gol. Até então estávamos deixando o jogo rolar, dando muito espaço para o Atlético-GO, que é um time que joga bem, mas se abre toda. Eu gosto de ver uma equipe que saiba atacar e se defender”, disse.

Talvez, Jorginho tenha outras preocupações que não percebeu ainda, como treinar o próprio time.

Enfim, se gostou do conteúdo não deixe de acessar com frequência o Portal do Palmeirense e nos seguir no Instagram.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.