Verdão toma atitude extraordinária após Gabriel Veron pisar na bola

0

O ato de indisciplina de Gabriel Veron, nas vésperas de uma partida importante, não pegou nada bem no Verdão, nesta quarta-feira (13). O clube multou o jogador em 40% do salário e as punições não devem parar por aí. Esse caso fez com que o Palmeiras tivesse uma conversa com os garotos do elenco na tarde de ontem.

Além dos jovens talentos que já estão no profissional, foram chamados para o bate-papo os jogadores do sub-20 que participam dos treinamentos na Academia de futebol.

Na conversa, a comissão técnica alertou as Crias da Academia sobre os comportamentos extra-campo. O ponto principal do papo foi que esse tipo de conduta não agrega em nada na carreira de cada atleta – que está só começando, por sinal.

Casos como o de Veron não são uma novidade no Verdão. As atitudes fora do gramado de Patrick de Paula, Gabriel Menino e Renan, fizeram com que eles ficassem fora da lista do Mundial de Clubes, no começo deste ano. Os dois primeiros, aliás, nem estão mais no clube.

Abel Ferreira não tolera indisciplina no Verdão

Quem ouve as palavras de Abel nas entrevistas que dá ou nas coletivas após as partidas, sabe o quão humano e profissional o português é em seu trabalho.

O técnico já declarou em mais de uma oportunidade que, antes de ser treinador, é um formador de homens. E, com ele, falta de profissionalismo significa perda de espaço.

“Perguntaram como ele estaria no ano seguinte, e o Guardiola disse que não sabia. Ano passado ele ouvia tudo, mas agora tem outro estatuto. Se continuar humilde, focado, vai estar mais próximo de jogar. Mas nunca se pode esquecer é que tenho que escolher entre um e outro”, disse Abel em entrevista ao ‘Roda Viva’.

Enfim, se gostou do conteúdo não deixe de acessar com frequência o Portal do Palmeirense e nos seguir no Instagram.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.