Rony desabafa após fazer um gol de bicicleta pelo Verdão “Deus do impossível”

0

Com quatro gols nas oitavas de final contra o Cerro, o atacante Rony foi um dos responsáveis pela classificação do Verdão na Libertadores. Dos quatro tentos que fez, um foi o tão sonhado gol de bicicleta que o camisa 10 vinha tentando há muitas partidas.

“Eu disse que ia continuar tentando, que ia errar, mas uma hora ia acertar. O que chamou mais a atenção mesmo foi quando eu cheguei em casa e vi meu filho fazendo. É algo que com certeza me motivou mais ainda a fazer. Quando você chega em casa e vê seu filho fazendo, motiva ainda mais”, disse o jogador.

Nas redes sociais, o “Rústico” celebrou o gol de bicicleta e mandou um recado para aqueles que não acreditaram nele.

“Um dia riram de mim, quando sonhei em fazer um gol de bicicleta. Para quem serve o Deus do impossível, tudo pode se tornar realidade. Basta trabalhar forte e, principalmente, ter fé. Aquele que trabalha, Deus nunca deixa de honrar!!! Nunca desista dos seus sonhos!!!”, escreveu o atacante.

Rony faz história na Libertadores

A cada partida do Palmeiras no torneio da Conmebol é preciso atualizar os feitos do “Rústico”. Autor de quatro dos oitos gols feitos pelo Alviverde nas oitavas de final, o jogador se isolou como maior artilheiro do clube na história da competição.

Além disso, o camisa 10 ultrapassou Pelé e Zico em gols feitos na Liberta. Com 18 tentos, o atacante passou os ídolos de Santos e Flamengo, que balançaram as redes adversárias no torneio 16 vezes.

Rony é o quarto brasileiro que mais marcou na competição por um único time. Ele só fica atrás de Palhinha (20 gols pelo Cruzeiro), Célio (22 gols pelo Nacional-URU) e Gabigol (26 gols pelo Flamengo).

Enfim, se gostou do conteúdo não deixe de acessar com frequência o Portal do Palmeirense e nos seguir no Instagram.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.