Prass crava qual a melhor decisão para o Verdão após vender Veron

0

Ídolo do Palmeiras, o ex-goleiro Fernando Prass concordou com a venda de Gabriel Veron, que está perto de ser fechada pelo clube. Durante o programa ‘Bate Pronto’, da Jovem Pan, o ex-arqueiro disse que a saída do atacante é uma boa oportunidade para dar espaço para o garoto Giovani.

“Vendo assim hoje, entre vender o Gabriel e vender o Giovanni, como teve a proposta, eu vendo o Gabriel e abro espaço para o Giovanni. (…) Então tu dá uma oxigenada e tu faz dinheiro e aí na negociação você fica com o percentual bom porque todo mundo sabe que o Porto é um clube que compra para revender”, disse.

A venda de Veron está próxima de ser concretizada. Para tirá-lo do Verdão, o Porto pagará 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 55,7 milhões). Desse valor, o Palestra ficará com cerca de 80%, R$ 44 milhões, e manterá 10% dos direitos econômicos do atleta.

Outra joia da base, Giovani, de 18 anos, também foi cobiçado por times do velho continente. O Bayer Leverkusen demonstrou interesse e o Palmeiras chegou a recusar uma proposta do Ajax, da Holanda.

Prass pode estar certo; Giovani tende a ganhar espaço

Segundo o jornalista Jorge Nicola, a tendência é que o meia-atacante realmente passe a ter mais espaço com Abel Ferreira após a saída de Veron.

Veloz, habilidoso e canhoto, o meia-atacante de 18 anos é uma das atuais joias da base alviverde. O atacante fez as suas primeiras partidas pelo time principal em 2021. Foram 14 partidas e um gol marcado. 

Na atual temporada, entrou em campo poucas vezes, apenas cinco jogos. Parte do baixo número de atuações se deve a cirurgia pela qual precisou passar, em maio, por conta de um problema no tornozelo direito.

Recuperado da lesão, Giovani tem tudo para demonstrar no Verdão o potencial que faz os times do velho continente ficarem de olho nele.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.