Pedro fala poucas e boas, e deixa torcida do Verdão ligada

0

Na última janela de transferências, que fechou no meio de Abril, o Verdão estava vasculhando o mercado em busca de um camisa 9 de referência para reforçar o elenco comandado por Abel Ferreira. Pedro, atual reserva no Flamengo, foi uma das opções tentadas pelo Palmeiras, que não teve vida fácil com o time carioca e não fechou a contratação do atacante.

Atualmente reserva de Gabigol, Pedro é visto por alguns como uma boa opção para compor o elenco de Tite na Copa do Mundo do Qatar. A convocação para a Seleção Brasileira, no entanto, pode ser atrapalhada pela falta de sequência do jogador. Em entrevista após o jogo do final de semana, o atacante foi perguntado sobre o interesse do Verdão e abriu o jogo sobre a situação.

“As pessoas querem ditar o que eu devo fazer ou não. A carreira é minha, quem manda sou eu. Claro que jogar poucos minutos não é o que eu gosto, não é o que eu quero, mas o Paulo tem conversado comigo para ditar o que eu devo fazer em campo. O que eu devo fazer é o que tá no meu alcance, que é trabalhar, dar o meu melhor no dia a dia”, declarou.

“É o que eu venho fazendo, focando no meu trabalho. No meio do ano a gente conversa, vê o que é melhor para todos nós. Sempre que eu estiver aqui no Flamengo, vou dar a minha vida. Agradeço muito o carinho dos torcedores, o carinho de todos que o Flamengo sempre me deu”, completou.

Desejo do Verdão, Pedro usou as redes sociais para se explicar

Após a grande repercussão da entrevista coletiva de Pedro, ao ser perguntado sobre o interesse do Verdão, o jogador foi para as redes sociais publicar uma nota desabafando sobre a sua situação. O atacante diz que não está feliz em compor o banco, mas também vai continuar se esforçando no clube.

“E sabe o que mais me alegro? Consegui vencer meus pensamentos negativos e aqui estou. Forte. Fazendo o que é necessário. O que será daqui pra frente? Não consigo prever. Uma coisa é certa: minha dedicação e empenho com essa camisa serão sempre íntegros”, escreveu no Twitter.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.