Palmeiras tem aumento de 35% no faturamento

0

O Palmeiras vem se saindo muito bem, dentro e fora dos gramados. Revertendo investimento dos patrocinadores, principalmente da Crefisa, em títulos, o time também não fica devendo na arrecadação. Enquanto conquista títulos, o clube também parece reverter os troféus em receitas, tendo seu torcedor junto de si e atraindo grandes olhares.

Esses aumentos fazem com que o clube fature cada vez mais, com organização, que é a tendência no mercado atualmente. Em relação aos balanços financeiros divulgados pelos clubes até abril, e de acordo com um levantamento realizado pela consultoria Sports Value, os clubes tiveram aumento de 35% de receitas em relação ao ganharam em 2021.

Enquanto a arrecadação do período no ano passado rendeu R$ 5,1 bilhões totais aos clubes do Brasil, neste ano o valor teve um grande aumento, chegando à R$ 6,9 bilhões, de acordo com o jornal O Globo. Um dos principais motivos para o aumento é a subida do dólar, que na conversão gera mais dinheiro em real para os clubes brasileiros.

Ainda, um dos fatores que influenciaram bastante na arrecadação dos clubes foram os patrocínios. O estudo aponta um grande aumento nos valores que os clubes receberam de seus parceiros, que somaram R$ 830 milhões.

Palmeiras organizado e ganhando mais?

De acordo com o autor do levantamento, Amir Somoggi, que deu uma entrevista ao jornal O Globo, os clubes que se organizaram estão aproveitando melhor os aumentos de renda, como caso do Palmeiras e de outros grandes brasileiros.

“O dinheiro está voltando. Quem se organizou está performando e alguns times médios estão melhorando arrecadação. Mas, no ano que vem, esse número vai cair porque tivemos uns R$ 500 milhões a mais que eram referentes a 2020. Ou seja, existe sério risco dos clubes se enrolarem novamente.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.