Palmeiras reduziu dívida em 45 milhões em 2021

0

O Palmeiras já vive há alguns anos com fortes investimentos no futebol gerando diversos títulos ao clube palestrino. A fase vencedora também passa pelo início do patrocínio da Crefisa, desde 2015, quando a parceria entre o time e empresa começou, o Palestra ganhou 9 títulos no total.

A empresa atua como patrocinadora master do Verdão, mas também como um espécie de financiadora dos gastos do clube com contratações. O que exige pagamentos depois de um certo período. Pensando na dívida com a empresa, o Palestra reduziu em R$ 47.489.000 o valor devido no último ano, segundo levantamentos feitos com o próprio balanço do clube.

Com os empréstimos da parceira, o valor devido ao final do ano passado era de R$ 119.522.000, de acordo com o documento divulgado. O valor significa um bom retrocesso da dívida do clube, tendo em vista que, em 2020, só foram pagos R$ 14.932.000 para a Crefisa.

Desde que começou a contar com a Crefisa como parceira, o Porco já faturou dois Brasileirões (2016 e 2018), duas Copas do Brasil (2015 e 2020), dois Campeonatos Paulistas (2020 e 2022), a Recopa Sul-Americana (2022) e o bicampeonato da Copa Libertadores (2020 e 2021).

Crefisa empresta dinheiro ao Palmeiras

A Crefisa fazia aportes em forma de patrocínio, mas, depois de algumas complicações, teve que transformar o acerto em um contrato de empréstimo, que se encaixava melhor no modelo utilizado pelo Palmeiras e empresa.

Com base nos aditivos contratuais celebrados em 2018 entre o Clube e sua patrocinadora master, Crefisa S/A – Crédito, Financiamento e Investimentos, determinadas transações realizadas originalmente como patrocínios foram alteradas para empréstimos vinculados à aquisição de determinados atletas do futebol profissional. Com isso, foi reconhecido nesta rubrica o saldo da obrigação a pagar acrescido de encargos financeiros (CDI) devidos até a data do balanço”, diz a nota.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.