Quanto o Palmeiras pode embolsar no Paulistão Feminino?

0

O Palmeiras será um dos 12 times que disputarão o Campeonato Paulista Feminino de 2022. Se forem campeãs, as Palestrinas podem embolsar até R$ 2,6 milhões, a maior premiação da história da competição.

A equipe campeã desta edição faturaŕa R$ 1 milhão, enquanto a vice ficará com 500 mil. A efeito de comparação, o prêmio para o time campeão de 2021 foi de R$ 90 mil, já o 2º colocado recebeu R$ 50 mil.

O Paulistão Feminino terá todos os jogos transmitidos pela televisão e pela internet. Na TV, exibirão as partidas SporTV e TNT Sports, e na internet passará no YouTube.

“É muito empolgante ver a evolução do Paulistão Feminino nos últimos anos. É uma competição pioneira e consagrada no calendário, mas em 2022 ela ganha um novo status: rentável aos clubes, desperta a atenção de novos parceiros comerciais e mídias diversas. Certamente, será o maior Paulistão Feminino da história”, disse o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos.

Palmeiras busca o título paulista

O Verdão tenta repetir o ano de 2001, quando conquistou o estadual feminino pela primeira e única vez, ao derrotar a Matonense na final, por 1 a 0. Além disso, uma conquista significa quebrar a hegemonia do rival Corinthians, atual tricampeão.

Além do Alviverde, a competição será disputada por mais 11 equipes: Corinthians, São Paulo, Santos, Ferroviária, Red Bull Bragantino, Portuguesa, São José, Taubaté, EC São Bernardo, Pinda e Realidade Jovem.

A primeira fase será disputada em turno único de 11 rodadas. Os quatro melhores colocados avançam para as semifinais e duelam em partidas de ida e volta, todos com VAR.

O calendário será divulgado antes do início do Paulistão, que está previsto para o dia 10 de agosto.

Enfim, se gostou do conteúdo não deixe de acessar com frequência o Portal do Palmeirense e nos seguir no Instagram.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.