Jornalista tem ataque de dor de cotovelo e arrebenta atleta do Verdão

0

O jornalista Fábio Sormani, dos canais Disney, detonou a atuação do Verdão contra o Atlético-MG e, em especial, a de Flaco López. Para o comentarista, sempre polêmico, o centroavante argentino é lento e tem dificuldades para correr em campo.

“Esse centroavante, Flaco López, ele não corre. Eu corro mais do que ele. Se eu correr 100 metros com ele, chego na frente dele. Fiquei impressionado com o arranque de balsa dele. Arranque de balsa. Ele não corre. Vou confessar, foi a única partida que eu vi desse atacante do começo ao fim”, disse.

Ao fim do comentário, Sormani invalida a própria crítica dizendo que pouco viu do jogador.

E pelo jeito, assistiu pouco do jogo também. López foi um dos poucos atletas do Verdão que não fizeram uma partida completamente ruim. Isolado e sem ser acionado em grande parte dos 90 minutos, ele esteve limitado a pressionar a saída de bola do Galo e fechar espaços.

Se adaptando ao futebol brasileiro, o camisa 18 fez quatro partidas até aqui, duas como titular, e balançou a rede uma vez.

Heroico, Verdão arrancou um empate

Como era esperado, Abel Ferreira adotou uma estratégia um pouco mais cautelosa para aproveitar os espaços e explorar os erros do Atlético.

Durante os primeiros 70 minutos, o plano não funcionou – em parte pelas faltas nas transições. O Galo fez 2 a 0, com Hulk, de pênalti, e Murilo, contra, e teve chances para matar a eliminatória.

Porém, após o segundo gol, a partida mudou. Aproveitando o cansaço do rival, o Alviverde melhorou e, na última meia-hora do jogo, chegou ao empate de forma heróica, com gols de Murilo, se redimindo do gol contra, e Danilo, nos acréscimos.

Com o 2 a 2, o Palmeiras precisa de uma vitória simples para avançar para a semifinal da Libertadores, na próxima quarta-feira (10), no Allianz Parque.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.