Por preconceito, jogador não assinou com o Palmeiras

0

O centroavante Fred, ídolo do Fluminense, quase vestiu a camisa do Palmeiras, em 2009. Em entrevista ao podcast ‘PodPah’, o agora ex-jogador revelou que a proposta do Verdão era tentadora, mas a ex-esposa não recusou a possibilidade de morar em São Paulo, preferindo o Rio de Janeiro.

“Depois que minha filha voltou para o Brasil eu quis voltar, queria fazer o caminho contrário. O Lyon queria me vender e chegaram propostas do Paris, Tottenham, Fenerbahçe. Aí eu falei que queria voltar para o Brasil, estava com saudade da minha filha”, disse o atacante.

Fred tinha proposta do Alviverde, comandado por Vanderlei Luxemburgo na época, porém foi seduzido pelo Flu através do ex-diretor de futebol Alexandre Faria e pela ex-esposa, que não aceitou morar na capital paulista.

“O Alexandre viu que eu estava mal, foi pra França e ficou na minha casa. Ai eu aceitei. Tinha também o Palmeiras com Luxemburgo e era três vezes mais, mas a mãe da minha filha falou que não moraria em São Paulo e que no Rio, sim. Então aceitei a proposta do Flu”, disse.

Palmeiras recebeu recusa foi atrás de outro centroavante

Após a recusa do atacante, o Alviverde repatriou Vágner Love, jogador revelado nas categorias de base do clube e que estava no futebol russo.

Quando foi promovido para o profissional, o jogador ajudou o Verdão no retorno à elite do futebol em uma época complicada.

Em seu retorno, em 2009, entretanto, a história foi diferente. Rendendo abaixo do esperado, o atacante ficou marcado pelas atuações ruins e pelo pênalti isolado na partida decisiva pelo Brasileirão contra o Flamengo, seu time de coração. 

Com o Palmeiras perdendo o título do Brasileiro daquele ano e ficando fora da Libertadores, o atleta acabou saindo pela porta dos fundos. Love marcou 5 gols em 12 partidas em sua segunda passagem.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.