Ex-jogador do Palmeiras conta sobre sua surpreendente vida após aposentadoria

0

Em entrevista ao jornal italiano ‘Gazzetta dello Sport’, Faustino Asprilla, ex-Palmeiras, contou como está a vida após pendurar as chuteiras. O atacante colombiano revelou que vende cana-de-açúcar para o Governo de seu país e faz campanhas publicitárias de preservativos. Fora isso, a vida do ex-jogador é de descanso e festa.

“Estou vivendo muito bem. Tenho uma fazenda, vendo cana -de-açúcar ao Governo da Colômbia. E participo de campanhas publicitárias para venda de camisinhas. Vocês sabem que, para mim, o sexo sempre foi importante”, disse o ex-atacante.

Depois de mais de 15 anos de carreira e duas Copas do Mundo disputadas pela seleção colombiana, Asprilla está focado em aproveitar a vida. O ex-jogador revelou a sua rotina, que conta com boa alimentação, descanso e muita festa.

“Acordo ao meio-dia. Faço um café da manhã abundante, à base de frutas. Descanso durante a tarde. Depois banho, jantar e festa até o amanhecer”, finalizou.

Asprilla foi campeão pelo Palmeiras

“Tino” Asprilla vestiu a camisa do Verdão entre 1999 e 2000, nos últimos anos da era Parmalat. Aliás, o colombiano chegou ao antigo Palestra Itália vindo do Parma, da Itália, que também viveu uma época dourada em parceria com a empresa ao longo dos anos 90. Por lá, venceu a Copa da Uefa.

No Alviverde, o atacante ergueu duas taças: Torneio Rio-São Paulo e Copa dos Campeões, ambos em 2000. Ao todo, fez 53 jogos e colecionou mais cartões amarelos do que fez gols. Foram 18 cartões e 12 bolas na rede.

O colombiano fez parte do elenco que quase conseguiu um bicampeonato da Libertadores em 2000. Naquele ano, o Palestra parou no Boca Juniors, nos pênaltis, e também na arbitragem.

Enfim, se gostou do conteúdo não deixe de acessar com frequência o Portal do Palmeirense e nos seguir no Instagram.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.