Esnobou o Palmeiras e acabou tendo que jogar no Paraguai

0

Após esnobar o Palmeiras, em 2013, o centroavante Marcelo Moreno, de 35 anos, está esquecido no futebol paraguaio. Atualmente, o jogador defende o Cerro Porteño, time que foi eliminado das oitavas de final da Libertadores pelo Verdão pelo placar agregado de 8 a 1.

Na época em que esteve na mira do Palestra, o atacante boliviano atuava pelo Grêmio. Na oportunidade, foi cogitada a possibilidade dele ser envolvido em uma troca com o argentino Hernan Barcos. Entretanto, Mauro Martins, pai do jogador, não só descartou qualquer possibilidade como detonou o Alviverde.

“Como vai fazer uma transação dessas? Seria um absurdo da parte do meu filho. Não tem negócio. Ele vai ficar no Grêmio. O Palmeiras é uma equipe menor do que o Grêmio. Outras equipes já procuraram o Marcelo: Flamengo, agora o Palmeiras. 

É tudo equipe fracassada. Um time de segunda, terceira divisão. Não tem dinheiro, jogador tudo fracassado. Não quero que ele vá para lá, um time de fracassados. Pode oferecer o dobro, mas ele não vai para o Palmeiras”, declarou o pai do atleta naquela época. 

O Verdão passava por um momento complicado de sua história dentro e fora dos gramados. O clube estava quebrado financeiramente e tinha sido rebaixado no Brasileirão na temporada anterior. Porém, nunca deixou de ser grande e o tempo provou o erro de Moreno.

Palmeiras se reergueu e atacante caiu

Depois de rejeitar e esnobar uma instituição de tamanha história, Marcelo Moreno não vingou pelos times que passou. O centroavante teve desempenhos ruins por Flamengo e Cruzeiro, além de quase ter sido rebaixado no futebol chinês. Nos últimos cinco anos, soma apenas 94 partidas e 22 gols.

Enquanto isso, o Alviverde reencontrou o caminho das conquistas e deixou de depender de jogadores como o “artilheiro” boliviano. De lá para cá, o clube venceu Libertadores (2020 e 2021), Brasileirão (2016 e 2018), Copa do Brasil (2015 e 2020), Paulistão (2020 e 2022), entre outras taças.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.