Endrick fica muito próximo de deixar o Palmeiras e Leila é avisada da proposta

0

O centroavante Endrick assinou o primeiro contrato profissional com o Palmeiras, na última semana. Joia das categorias de base do clube e um dos principais prospectos do futebol mundial, o garoto de 16 anos é desejado por gigantes da Europa e pode ser vendido antes mesmo de estrear pelo time principal.

Segundo o jornalista Jorge Nicola, representantes do Chelsea, da Inglaterra, se reuniram com o empresário e os pais do jogador, na última sexta-feira (22), em São Paulo, para demonstrar o interesse do clube na aquisição do atleta.

Ainda de acordo com Nicola, não há uma proposta oficial, mas a intenção dos ingleses é comprar o atacante nos próximos dias. Para isso, estariam dispostos a desembolsar 30 milhões de euros (cerca de R$ 162 milhões) e mais 10 milhões de euros (R$ 54 milhões) de bônus.

Caso seja vendido, o garoto não sairia da Academia de Futebol agora. Isso porque, conforme determina a Fifa, os jogadores só podem deixar os seus países após os 18 anos de idade.

Palmeiras não deve dificultar a venda de Endrick

Ao assinar acordo de três temporadas com a jovem promessa, o Verdão estabeleceu uma multa rescisória progressiva. No primeiro ano do vínculo serão necessários 40 milhões de euros para tirá-lo do Verdão, no segundo ano 50 milhões e no terceiro 60 milhões. Valores que atualmente ultrapassam os R$ 334 milhões.

Tendo isso em vista, a presidente Leila Pereira não dificultaria uma venda do atacante pelo valor da multa contratual deste primeiro ano, 40 milhões de euros (R$ 216 milhões).

Uma saída cedo do jogador é praticamente inevitável. A expectativa do torcedor, portanto, fica por conta de quando ele estreará pelo profissional, já que está à disposição de Abel Ferreira.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.