López, Merentiel? Não, a camisa 9 do Palmeiras já tem dono!

0

Perto de poderem estrear, ‘Flaco’ López e Miguel Merentiel terão de jogar muita bola para tirar a titularidade de Rony. O camisa 10 tem feito história no Palmeiras atuando na função de centroavante e é um dos homens de confiança do técnico Abel Ferreira.

“Pode dizer a eles que seu lugar ninguém tira (risos)”, disse Abel à Rony em entrevista coletiva após a goleada sobre o Cerro Porteño, na Libertadores.

Nos últimos quatro jogos, o atacante balançou as redes cinco vezes, uma pelo Brasileirão e outras quatro pela Liberta. Atuando como centroavante, o jogador é o artilheiro do time em ambas as competições, sendo que no torneio da Conmebol é um dos goleadores geral.

O “Rústico”, com esses últimos cinco tentos, se tornou o artilheiro isolado da história do Verdão na maior competição de clubes da América, com 18 gols. 

Além disso, se tornou o quarto brasileiro que mais marcou na Liberta por um único time. Ele só fica atrás de Palhinha (20 gols pelo Cruzeiro), Célio (22 gols pelo Nacional-URU) e Gabigol (26 gols pelo Flamengo).

Xodó de Abel no Palmeiras

Contratado para a ponta do ataque, sua posição de origem, o atleta foi improvisado como camisa 9 na chegada de Abel ao Allianz Parque. O treinador gosta de jogadores com características diferentes na referência do ataque: um que ataque o espaço e dê profundidade ao time e outro que faça bem pivô e jogo aéreo.

Apesar de não ser um finalizador e demonstrar isso muitas vezes, Rony encantou o português. A entrega em campo e a capacidade incrível de seu posicionamento sem a bola – principalmente ao pressionar os defensores rivais -, dão um lugar quase cativo ao atacante no time.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.