Auxiliar do Verdão não se cala e detona arbitragem após derrota

0

No primeiro jogo das oitavas da Copa do Brasil, nesta quinta-feira (23), o Verdão saiu derrotado por 1 a 0. Foi mais um clássico no Morumbi com alguma decisão polêmica da arbitragem em favor do São Paulo. O auxiliar João Martins, que mais uma vez esteve à frente do banco de reservas, destacou isso após o clássico.

“Não vamos arranjar desculpas. O adversário foi mais forte e mereceu ganhar. Tivemos um momento de desconcentração porque todos viram a falta que foi, só o árbitro que se lembrou de não ver a falta”, afirmou o auxiliar.

O lance ao qual João se refere originou o único gol da partida. Na jogada, o árbitro Raphael Claus inverteu uma falta de Reinaldo em Dudu, o que resultou em uma distração da defesa alviverde e terminou no gol de Patrick.

“O árbitro deveria ter se preparado para isso. Só faltou o Reinaldo pisar no Dudu, de resto fez tudo. Ele marcou a mão, disse que o Dudu deu com a bola na mão. É incompreensível. O Gómez saiu para falar com o árbitro, rolou uma desconcentração que não deveria ter acontecido, assumimos nossa culpa”, finalizou.

Verdão precisará reverter placar adverso para avançar

Em desvantagem no placar, o Palmeiras precisará vencer por dois ou mais gols de diferença no Allianz Parque, no dia 14 de julho, para se classificar para as quartas de final da Copa do Brasil.

Até lá, porém, o time tem compromissos pelo Brasileirão e pelas oitavas de final da Libertadores.

No próximo domingo (26), às 16h, o Maior Campeão do Brasil encara o Avaí, na Ressacada, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Já no meio de semana, na quarta-feira (29), a partida será contra o Cerro Porteño, em Assunção, no Paraguai. O duelo abre as oitavas da Libertadores 2022.

Enfim, se gostou do conteúdo não deixe de acessar com frequência o Portal do Palmeirense e nos seguir no Instagram.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.