Abel Ferreira não se cala e abre o jogo sobre utilização de Endrick

0

Após a vitória por 1 a 0, fora de casa, contra o América-MG, pelo Brasileirão, nesta quinta (21), Abel Ferreira falou a respeito de Endrick. A joia da base assinou o primeiro contrato profissional e está à disposição do treinador na equipe principal. No entanto, o técnico não facilitará a vida do centroavante de 16 anos.

“Não é por ser da base que tem direito, é por meritocracia. Nós temos que desenvolver nossos jogadores. É a filosofia do clube. O Endrick vem nesse caminho, tem arrebentado”, disse Abel quando perguntado sobre a promessa alviverde.

O português quer ver o mesmo desempenho e dedicação que o atacante tem nas categorias de formação agora em um nível maior de dificuldade. Caso arrebente logo de cara, jogará. Se não, terá tempo para se desenvolver.

“Vamos ver como vai jogar com os zagueiros como Gómez, Luan, Murilo. Se ele fizer o que faz no sub-17, sub-20, vai jogar. Se mostrar que pode competir, vai jogar. Se tiver dificuldade, nós vamos lhe dar o tempo necessário para se adaptar. Vai depender dele, não de mim”, completou o técnico.

O centroavante deve ganhar chances aos poucos com Abel Ferreira

Na nova fase da carreira, o atacante continuará tendo a mesma rotina dos jovens do sub-20 do Verdão. Ou seja, permanecerá treinando com os profissionais, mas à disposição da equipe da categoria inferior.

Dessa forma, ele começará a ser relacionado para partidas, a depender da disponibilidade do elenco – se há jogadores machucados ou lesionados, por exemplo -, e da importância de cada compromisso.

Caso o garoto vá bem nos treinamentos e aproveite os minutos que tiver no time principal, a tendência é que a presença dele nas partidas aumente, pois seria inevitável interromper esse processo.

Portanto, o torcedor palestrino precisará ter um pouco mais de calma com o jovem atacante, que será inserido aos poucos no time por Abel e sua comissão.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.